Inicio > Odivelas > Mosteiro de Odivelas – A impunidade da Vandalização [atualizada]

Mosteiro de Odivelas – A impunidade da Vandalização [atualizada]

Há azulejos do exterior do Mosteiro de S.Dinis e S. Bernardo em Odivelas, onde está sepultado Dom Dinis e a Infanta D. Joana, que estão a ser arrancados e, a vandalização tem aumentado nos últimos tempos sendo cada vez maior a área dos azulejos que foram retirados (são três as zonas com azulejos retirados).

Comunicámos a vandalização que estava a acontecer, à Presidência da Câmara Municipal de Odivelas no passado dia 21 de Dezembro e, até à data, não tivemos qualquer resposta, o que achamos estranho, mas é a realidade.

Será possível que se assista impunemente à vandalização de um Monumento Nacional?  Gostaríamos de Vos dizer que algo está a ser feito mas, na ausência de qualquer resposta, é com muita preocupação que vemos o futuro do Património Histórico em Odivelas.

[Atualização 28.Dez.2018]

Em comunicação de hoje, 28 de Dezembro, a CMO informa que, consciente da importância da preservação do património histórico, efetuou, na manhã do próprio dia 19 de Dezembro (logo que  teve conhecimento do primeiro furto) a competente participação criminal na Esquadra da PSP de Odivelas, que registou a ocorrência. Foram também efetuadas diligências junto do Diretor do Colégio Militar, solicitando o acionamento de meios que considerasse adequados, designadamente a intervenção da Polícia Judiciária Militar, de forma a assegurar a integridade deste património, que ainda se encontra à guarda do Ministério da Defesa. Contactámos também a Polícia Judiciária. Finalmente, colocámo-nos à disposição das entidades contactadas para colaborar, de forma ativa, em tudo o que fosse necessário ou conveniente.
Ocorreram novos furtos, nos dias 21 de Dezembro e 25 de Dezembro, prontamente comunicados às autoridades policiais, a quem manifestámos a nossa grande preocupação por estes crimes, solicitando a adoção de medidas adequadas à prevenção de novas ocorrências, bem como punição dos responsáveis.
Atendendo ao segredo de justiça inerente ao processo penal, não nos é possível conhecer as medidas tomadas pelas autoridades policiais.
A Câmara Municipal de Odivelas atuou, pois, de forma diligente e responsável, como é, aliás, nosso timbre.

A Câmara Municipal de Odivelas